Solange Souza Lima Moraes
Sócia Produtora

 

 

Com mais de 25 anos de experiência no mercado audiovisual, é uma das referencias do cinema brasileiro. Coordenou a produção do primeiro longa metragem baiano no período que marcou a volta da produção audiovisual brasileira depois da ditadura - 3 Histórias da Bahia - em 2001, produzido pela Truq Filmes e Vídeos.

Em seguida foi responsável em Salvador pela produção do filme Tieta,de Cacá Diegues, e do documentário Filhos de Ghandi, de Lula Buarque de Holanda.

Fundou a Araçá Filmes, onde foi produtora do filme Estranhos, de Paulo Alcântara, e produtora associada dos filmes Capitães da Areia, de Cecília Amado, Jardim das Folhas Sagradas, de Pola Ribeiro e Brilhante, de Conceição Senna.

Foi responsável pela produção em Salvador do videoclip Eles Não Olham pra Nós (They Don't Care About Us) de Michael Jackson, com direção de Spike Lee.

Hoje encontra-se às vésperas de filmar três longas: o filme Longe do Paraíso, que terá a direção de Orlando Senna; Nina, com direção de Paulo Alcântara; e A Pele Morta, que teria direção do seu marido, Geraldo Moraes, e com o seu falecimento será dirigido pelos enteados, Bruno Torres e Denise Moraes.

Criou, junto com seu esposo, a CBDC – Centro Brasileiro Pela Diversidade Cultural, responsável por organizar o I Encontro Internacional da Diversidade Cultural, iniciativa que reuniu, em 2009, representantes de organizações culturais de mais de 40 países.

Fundadora e ex-presidente da Associação Baiana de Cinema e Vídeo (ABCV), Lima também foi presidenta da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas (ABD Nacional) por duas gestões. Foi Diretora de Regionalização e Descentralização da Associação de Produtores e Cineastas de Longa-Metragem do Norte-Nordeste (APCNN).

Integrou o Conselho Consultivo do Congresso Brasileiro de Cinema (CBC). Também foi titular no Conselho Superior de Cinema (CSC), no Conselho Consultivo da SAV (CCS) e do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC) do MinC.

Com uma estendida experiência em direção de produção e comercialização atuou na produção de diversos curtas e longas de ficção e documentários. Leva na bagagem não só o aprendizado prático de anos de produção, mas o amor e a paixão pelo cinema.

Geraldo da Rocha Moraes
Sócio Produtor (in memoriam)

 

 

Diretor, roteirista, produtor. Dirigiu e roteirizou os longas:

· O Homem Mau Dorme Bem (2008)
· No Coração dos Deuses (1999)
· O Círculo de Fogo (1990)
· A Difícil Viagem (1983)

Foi professor de cinema e televisão na Universidade de Brasília (UnB). Em 1992, foi Secretário do Audiovisual e Secretário do Planejamento do Ministério da Cultura, na gestão do ministro Antônio Houaiss, quando administrou o Prêmio Resgate do Cinema Brasileiro e coordenou a regulamentação da Lei do Audiovisual.

Em 2003, foi eleito presidente do Congresso Brasileiro de Cinema (CBC). Na sua gestão, trabalhou pela criação da ANCINAV - Agência Nacional do Cinema e do Audiovisual e pela aprovação da Convenção para a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais (Convenção da UNESCO).

Criou a Coalizão Brasileira pela Diversidade Cultural e foi membro do Conselho Diretor e Presidente do Brasil da Federação Internacional das Coalizões (FICDC).

Tem vários livros publicados e em 2008, ganhou biografia da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial de São Paulo: Geraldo Moraes - O Cineasta do Interior, escrita pelo jornalista Klecius Henrique.

Um homem a frente do seu tempo deixou muitos sonhos plantados na América Latina, na Europa e na África.

Tulani Nascimento
Produtora Associada e Gestora de Marcas

 

 

Graduada em Publicidade com ênfase em Marketing pela Universidade Católica de Salvador. Pós-graduada em Administração em Indústrias Culturais pela Universidade de Valladolid, na Espanha. Iniciou-se no setor da cultura como jovem atriz na ONG CRIA, onde desenvolveu atividades na área de comunicação, produção e como monitora sociocultural. Trabalhou na área de produção de projetos na TV Bahia.  Na  Espanha, foi repórter no Magazine Valladolid es Así , em Castilla y León Televisión. Foi redatora e locutora no Programa La Última Hora de Europa en Portugués y Español, projeto financiado pela União Europeia, em Punto Rádio (2010 – 2012). Criou a instituição Favelacult Gestão Cultural,que desenvolve projetos culturais de diversas linguagens artísticas, atuando no mercado brasileiro e espanhol realizando conexões com outros países como Portugal, Costa de Marfim e México.

Como produtora promoveu o intercambio entre culturas com a realização de turnês e projetos beneficiando mais de 50 profissionais, entre artistas e gestores.  Responsável por  realizar por 2 anos o Ciclo de Cinema Brasileiro na Mostra Internacional de Cine de Palencia, é a  idealizadora da  Set:  Rede Criativa Audiovisual. É responsável pela construção do conceito de marca dos projetos da  Araçá e das relações internacionais com os países de língua espanhola.

Amanda Lima
Produtora Associada e Coordenadora de Arte

 

 

Graduou-se pela Universidade Federal da Bahia, no curso de Bacharelado Interdisciplinar com concentração em audiovisual. Natural de Lençóis, Chapada Diamantina, veio para a cidade grande para estudar, mas é de lá do ‘’seu interior’’ que pulsam seus sonhos. Dentre seus trabalhos, atuou como produtora na Mostra Itinerante de Cinema Negro (2018), também em oficinas de cinema no Festival Panorama (2017), foi assistente de produção de arte em obras como ‘’A música da minha vida’’ (TV Brasil-2016) e Guerra de Algodão (Longa-2017). Atualmente é responsável por produzir a área criativa e visual da Araçá.

Camila Hepplin
Secretária Executiva Bilingue

 

 

Formada em Administração Geral pelo Centro Universitário Jorge Amado. Participou do Curso de Extensão CLIC (Curso Livre de Cinema) da UFBA. Profissional autônoma idealizadora da HEPPLIN PRODUÇÕES, pequena produtora criada para trabalhos na linha do audiovisual e que já produziu 3 curtas selecionados oficialmente em festivais na Rússia, Istambul,  Nigéria e Brasil.

Dirigiu e roteirizou  os curtas: O Arranjo, com produção do Coletivo Doccional, Taking an Oscar, Set Up, From the Bus. Participou como secretaria de produção e assistente de figuração na série A Música da Minha Vida e como secretária de base do filme Estranhos. Sempre amou cinema e cresceu assistindo filmes e séries. Morou 2 anos nos Estados Unidos, participando na produção dos festivais: Environmental Film Festival, DC Film Fest, AFI (American Film Institute) Docs Festival, DC Laughs Festival. Participa ativamente da Araçá, tanto na gestão e nas atividades organizacionais quanto nas  relações internacionais com os países de língua inglesa.

camila02091988.wixsite.com/hepplinproducoes

Sonia Peixinho
Assistente Administrativa

 

 

Atualmente realiza curso de Psicologia da Faculdade de Tecnologia e Ciência. Participou dos cursos de Iniciação Empresarial, Gestão para Empreendedores do SEBRAE. Teve como um dos seus primeiros negócios uma empresa de Turismo na Chapada Diamantina. Trabalhou como coordenadora de alimentação dos filmes Jardim das Folhas Sagradas e Estranhos. Presta assistência administrativa e auxilia no controle de gestão da Araçá.


Financeiro:
Harnoel Lier – Contador

Jurídico:
Petrus Barreto

Roteiristas Contratadas:
Carla Guimarães

Vanessa Cançado

Ana Alkimin

Tulani  Nascimento

Coordenação de Comunicação:
Marta Moraes

Parceiros da Araçá:

Orlando Senna

José Araripe Jr.

Paulo Alcântara

Fausto Junior

Jorge Felippi